sexta-feira, 27 de julho de 2018

A “BURKA” - PROSA


DA SÉRIE: ENSAIOS QUE NOS LEVAM A PENSAR

Subsérie: Costumes dos povos nossos irmãos

                                  A “BURKA”

1* Este texto é dedicado às mulheres descendentes dos povos árabes, (que convivi, e convivo aqui em Conquista), que são no geral extremamente bonitas. Observem que a maioria das mulheres descendentes de (Ismael), em todo o mundo são de uma beleza sem par…

         Temas Árabes
2* A instituição do uso da “burka” é o resultado do ciúme exacerbado provocado pela beleza estonteante das mulheres dos povos descendentes de ISMAEL.
DISCRIMINAÇÃO OU COMPENSAÇÃO?
Por que as descendentes de Agar são tão formosas? Quem saberá responder!… Eu não sei, mas, creio que Alá em sua Santíssima sabedoria, e infinita justiça às fez formosas, e as noites do deserto amenas, para compensar as agruras que os varões descendentes de Ismael passariam em seus dias de labuta nos escaldantes desertos de suas pátrias.
(lembrem-se do que disse o Anjo de Alá, mandando que Agar voltasse para a casa de Sara…
“E o Anjo do Senhor a achou (Agar) [...] no deserto, [...]e disse: Agar, serva de Sara, [...] torna-te para tua senhora e humilha-te, [...] e multiplicarei sobremaneira a tua semente, que não será contada, por numerosa que será. (Gn. 16.8-11).

Se estes povos dos desertos tivessem suas noites escaldantes e se suas mulheres fossem destituídas desta beleza dada por Alá! Desde muito tempo que os desertos seriam realmente DESERTOS.
3* Aqui não trato do Nijab nem do Xador, e sim, da Burka mesmo, utilizadas pelos povos muçulmanos do Afeganistão e do Paquistão, e de outros “tãos” que existem por lá. Quando você vê passar uma mulher usando uma Burka, você se transforma num gato, num gato de Scrödinger, se você deixar a mulher passar em paz, você é um gato vivo, mas, se você tentar ver o que tem dentro da Burka, dentro de poucos segundos você é um gato morto. Ali você estará sempre vivo e morto ao mesmo tempo, tudo depende de você!

Santo Estevão-Bahia, 03 de janeiro de 2010
Edimilson Santos Silva Movér


0 comentários:

Postar um comentário