quarta-feira, 1 de agosto de 2018

ESPÍRITOS BRILHANTES - POESIA



ESPÍRITOS BRILHANTES    
                 
Seres de Capela deram aos homens a inteligência
Um dia descobriremos quem nos trouxe a ciência


Seres especiais com novo entendimento,
Quando vêm! Só trazem o conhecimento,
Orientam os seres desde o mundo antigo,
Eles nos fazem o bem sem trazer perigo.

Inicia-se tudo com Gutemberg e a sua imprensa,
Nunca o esqueceremos, como recompensa!
No século quinze deu-se início da história
Guardar o conhecimento, foi a sua vitória.

Desenvolveram a química e a geometria,
Instruíram aos homens com sabedoria,
Aprimoraram a física, e a matemática,
Normalizaram a língua com a gramática.

Seres brilhantes por Deus orientados,
Vieram dos céus como seres alados,
Nos trouxeram a luz de forma global,
Modificando o mundo de modo total.

Resposta de Deus àquela igreja predita,
Esconder a palavra divina foi sua desdita,
Com a maluquice chamada de inquisição,
Exterminaram os homens sem compaixão.

Vivendo na escuridão, tal qual, triste sina!
Com o auxílio do alto, e a providencia divina,
A humanidade viu a luz na racionalização,
Espíritos de luz! Viestes trazer a salvação.

Ninguém acredita que somos filhos da luz,
Filhos do amor divino que a todos conduz,
Se ninguém explica esta grande explosão,
Foi uma obra de Deus! Fruto da compaixão,



Vitória da Conquista, Ba. - 25 de fevereiro de 2007
Edimilson Santos Silva Movér

A IDEIA DA (MUDANÇA DE PLANO)
SURGIU COM ESTE POEMA
Movér, 2018

2 comentários:

  1. E eles ainda vagam entre nós!!!
    Com certeza!!!
    Nem todo olho verá!

    ResponderExcluir
  2. E eles ainda vagam entre nós!!!
    Com certeza!!!
    Nem todo olho verá!

    ResponderExcluir