quarta-feira, 1 de agosto de 2018

O TEMPO E OS AMIGOS D’AGORA - PROSA POÉTICA



O TEMPO E OS AMIGOS D’AGORA

Aos amigos,
Gilberto Quadros de Andrade e Djalma Evandro Nobre.


Eis por que,
No tempo todo que vivi!
Não os vi!
Talvez! Se eu convivesse no mesmo mundo
Veria, o quanto desta amizade eu perdi,
Sobrevivi por longo tempo, e nem por um segundo
Nem com o Nobre, nem com o Quadros,
No longo passar dos anos convivi,
Nem que os chamasse em altos brados
Nenhum dos dois me escutaria,
Pois, a distância a nos separar, o impediria!
Mas, com o passar dos anos, ainda os conheceria!
Pois, à velha terra eu retornaria,
E os conheci através dos livros,
Do Quadros! A Porta Aberta Ao Juízo,
Filigranas filosóficas de um raciocínio sutil, elaborado,
Depurado e estonteante! Verdades e mais verdades
Foi o que vi! Da verdade o ninho,
Nem o tempo, de mim, subtraiu a PAAJ
A guardo com carinho,
Do Nobre! As “Lições da Vida”
Nada se compara ao livro do Nobre
Uma vida como lição, em “Lições da Vida”
Poucos profissionais possuem as qualificações morais
Para expor sua vida ao leitor de forma franca e aberta
E tornar sua vida palco de tantas lições!
O tempo se esvai com o passar dos dias,
Nada indicava que ainda os conheceria,
Na realidade sempre os conheci,
Impossível não conhecê-los
Com tanta notoriedade,
Só não houve a devida aproximação,
Assim! Há coisas que nos dói no coração!
Uma! É convivermos com o paradoxo de sermos
Conhecidos, sem conhecermo-nos,
Sendo, presentes e ausentes, uns dos outros,
Os ausentes tornam-se presentes
Com o passar dos dias,
Os presentes tornam-se ausentes
Ao iniciarem-se amizades tão tardias,
Ontem, o mineiro tinha razão,
Mesmo mutilando o verso de Virgílio,
Aquilo que nos é caro, melhor tarde que nunca!
Hoje, digo-o eu,
Uma bela amizade, mesmo que só no findar dos dias,


Edimilson Santos Silva Movér
Vitória da Conquista, 08 de Abril de 2009
moversol@yahoo.com.br

Um comentário:

  1. Faça uma lista dos amigos que tinha e hoje já nem vê! Oswaldo Montenegro
    Também nos acorda para a importância dos grandes amigos que não valorizamos!
    Infelizmente...

    ResponderExcluir