quarta-feira, 1 de agosto de 2018

SIBELLIANAS I - POESIA



SIBELLIANAS   I                                                          
Lembranças de um pai feliz.

Leves aromas do teu Ser emanam,
Oh! Bela Sibelle, o eflúvio das rosas
E o Cheiro de flores, sobre ti abanam
O voar sutil das ninfas vaporosas.

Castelos dos sonhos de teu suspirar,
Em tua alma vi todos os tons lilases,
Cores do arco-íris sobre ti a bailar,
Qual voluta de tons os mais fugazes.

A alma dos poetas é feita de amores
O enfeite dos seus versos é a flor jasmim.
A alma dos pintores é feita de cores
O enfeite de suas telas é o tom carmim.

Vi Sibelle nascer, vi Sibelle crescer

Na maternidade dar o primeiro ai.
Desde cedinho já despertava no Ser
A arte em si, e pintou o rosto do pai.

Recordo a Beleca correndo na Rua,
Sainha bem curta da sua boneca
Doce Sibelle na praça da Lua
Lembranças de ti menina sapeca.

Teus sonhos são os meus sonhos,
Um sorriso teu são muitos sorrisos meus,
Uma alegria tua são mil alegrias minhas,
Tuas tristezas são minhas angústias,
Teus amores me fazem bem,
Te saber feliz me faz feliz,
Te amo por toda a vida,

Sejas muito feliz

Te amo.

Vitória da Conquista, Ba. - 21 de outubro de 2006
Edimilson Santos Silva Movér 

0 comentários:

Postar um comentário